• Subcribe to Our RSS Feed

A BELEZA DE DEUS

set 7, 2014   //   by marco   //   Editorial da Semana  //  No Comments

No final de semana passado tive a oportunidade de participar do Nossa Música Brasileira, um evento que acontece todo ano em Arujá, SP, promovido pelo Jovens da Verdade. Foi uma verdadeira festa para os olhos, para os ouvidos e, principalmente, para o coração. Faz bem demais ouvir boa música vocal e instrumental, conviver com irmãos preciosos e apreciar a beleza que há nas canções, na poesia, nas letras inspiradas que tocam as cordas do coração. No sábado pela manhã, tivemos um devocional dirigido pelo Ariovaldo Ramos, que discorreu sobre as manifestações de Deus através das artes e do belo, baseado em Atos 14.17.  A mensagem do Ari foi a inspiração deste texto que desejo compartilhar.  Vamos à passagem bíblica:

“Contudo, Deus não ficou sem testemunho: mostrou sua bondade, dando-lhes chuva do céu e colheitas no tempo certo, concedendo-lhes sustento com fartura e um coração cheio de alegria.”

Paulo, falando ao povo de Listra, afirma que Deus mostrou sua bondade, deu-lhes chuva, colheitas no tempo certo, sustento com fartura e um coração cheio de alegria. Deus dá testemunho de si mesmo agraciando este mundo com dádivas maravilhosas. Sua graça é derramada com fartura sobre toda a terra, mesmo sobre aqueles que não o reconhecem como Deus e Senhor. Graça superabundante!

Você já percebeu que todos nós somos atraídos pelo que há de mais belo? Quem não se encanta com uma música bem executada? Quem não é inspirado pela leitura de uma bela poesia? Quem não se empolga com um filme bem produzido, que conta uma boa história, e quer que todos os amigos o assistam também? Quem não é tocado ao ver uma imagem carregada de emoção e sentimentos? Quem não se emociona com o espetáculo do pôr do sol? Com uma revoada de pássaros? Com uma superlua surgindo no final do entardecer? Com os ipês floridos prenunciando a primavera? Sabem por que todas essas manifestações do belo nos tocam profundamente? Porque o belo é o testemunho de Deus entre nós. Deus, soberanamente, se revela aos seres humanos derramando-se diante deles, dando testemunho de si mesmo.

E mais ainda: Deus nos emprestou sua bondade, seu senso de beleza, sua alegria. Todas as pessoas, cada povo deste mundo, trazem em si esse senso do belo, que se manifesta através das artes plásticas, da música, da dança, dos textos escritos, da poesia. Celebramos e manifestamos algo que vem de Deus a nós.

Mas o homem e a mulher pecaram. E apesar desse rompimento do ser humano com seu Criador, Deus continuou, durante toda a história, ma­nifestando sua graça. Mesmo gente que não se relaciona com Deus é capaz de apreciar e exaltar o belo, criar, cantar, compor, sonhar e ter alegrias. A graça do Senhor transborda e não se esgota. Mas quando reconhecemos que tudo vem dele, quando abandonamos o pecado e somos restaurados à nossa posição de filhos, podemos usufruir plenamente de todas as belezas que Deus colocou no jardim à nossa disposição.

Deus continua enchendo o mundo com sua beleza, dando testemunho da sua bondade e amor. Apesar de todas as manchas que o ser humano imprimiu à vida, a beleza de Deus continua a se manifestar. Na pessoa de Jesus Cristo, o belo atingiu seu ápice. Fomos visitados pelo próprio Deus, com toda a sua graça e misericórdia, mostrando que a vida deve ser vivida em sua plenitude.

A redenção do Senhor vai muito além do que possamos imaginar. Quem sabe alguém vendo um quadro, escutando uma música, ouvindo um pássaro cantar, admirando a beleza de uma flor, se dê conta do testemunho de Deus, de como ele nos ama e não leva em conta os tempos da ignorância. Mas ele conta conosco para sermos suas testemunhas vivas de transformação. Somos aqueles que podem expressar a beleza, a fartura e a alegria de Deus.

A beleza de Deus em Cristo já tocou sua vida?

Kleber Faria

Comments are closed.